10 de outubro de 2012

Wishlist: Livros


"Livros são sempre uma boa ideia", já dizia Melina na categoria de resenhas de livros mais fofa da história. Eu junto dinheiro pra bastante coisas, mas quando tenho uma graninha sobrando, se não gasto com makes e esmaltes, gasto com livros (beleza por dentro e por fora, não necessariamente nessa ordem). Além disso, gosto de fazer listas, e a de livros é enorme (inclusive, preciso atualizar no listography). Enfim, preparem-se pra muitas resenhas e alguns links. Em alguns livros, além da resenha, vou contar o motivo do meu interesse, ou seja,  a minha relação com o livro antes de lê-lo.

A culpa é das Estrelas - John Green: Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.

O circo da noite - Erin Morgenstern: Sob suas tendas listradas de preto e branco uma experiência única está prestes a ser revelada: um banquete para os sentidos, um lugar no qual é possível se perder em um Labirinto de Nuvens, vagar por um exuberante Jardim de Gelo, assistir maravilhado a uma contorcionista tatuada se dobrar até caber em uma pequena caixa de vidro ou deixar-se envolver pelos deliciosos aromas de caramelo e canela que pairam no ar. Por trás de todos os truques e encantos, porém, uma feroz competição está em andamento: um duelo entre dois jovens mágicos, Celia e Marco, treinados desde a infância para participar de um duelo ao qual apenas um deles sobreviverá. À medida que o circo viaja pelo mundo, as façanhas de magia ganham novos e fantásticos contornos. Celia e Marco, porém, encaram tudo como uma maravilhosa parceria. Inocentes, mergulham de cabeça num amor profundo, mágico e apaixonado, que faz as luzes cintilarem e o ambiente esquentar cada vez que suas mãos se tocam. Mas o jogo tem que continuar, e o destino de todos os envolvidos, do extraordinário elenco circense à plateia, está, assim como os acrobatas acima deles, na corda bamba.
Já ouvi falar bem e mal desse livro. Vi ele pela primeira vez quando a Maru comentou que estava lendo e fiquei interessada. Estou curiosa pra ler e saber se é tão bom ou tão ruim quanto falam.

A princesinha - Frances Hodgson Burnett: Sara Crewe é uma menina encantadora. Cresceu na Índia, onde seu pai trabalha e sempre foi muito apegada a ele, já que a mãe morreu no parto. Assim, ela sempre foi a melhor amiga de seu pai e tinha nele o seu melhor amigo.Mas agora ela já é uma mocinha e precisa de uma educação mais adequada, que o pai não poderia lhe dar. Por isso, ela é enviada a um internato na Inglaterra. Lá é tratada como uma princesa, mas nem por isso se torna esnobe - é sempre muito educada e trata a todos com respeito e carinho. A Sra. Minchin, a responsável pela escola, a trata com mimos e mais mimos - ela tem um quarto de brincar só para ela, um pônei e até mesmo uma empregada francesa. O suficiente para causar inveja em algumas meninas. Tudo isso, entretanto, é apenas porque a menina é muito rica. Mas essa vida boa termina abruptamente no dia em que a Sra. Minchin descobre que o pai de Sara morreu e perdeu toda a sua fortuna. A mulher se torna extremamente mal educada e acolhe a menina, por caridade com ela diz, mas faz dela uma empregada. Assim, Sara acaba sendo tratada como criada no internato, obrigada a trabalhar muito, sempre maltratada pelos adultos. Ainda assim, ela tenta manter sua alegria e é sempre bondosa, acreditando em seu íntimo que ainda é uma princesa.
Mais uma influência da Maru. Ouvi tanto ela falar sobre e se inspirar na história que estou com muita vontade de ler. Além do mais porque já li O Jardim Secreto, da mesma autora, e é um dos meus livros preferidos.

Emma - Jane Austen: Emma Woodhouse é bonita, inteligente e rica. Ela vive confortavelmente na pequena cidade de Highbury, no interior da Inglaterra. Quando sua querida governanta Miss Taylor parte para se casar com seu vizinho, Mr. Weston, Emma sente um vazio em sua vida e um grande dilema: como ajudar as pessoas a terem uma vida tão perfeita quanto a sua. Ela decide se ocupar dando conselhos na vida sentimental das amigas. Mas, por trás da sua autoridade no assunto, se revela uma mulher que nunca se apaixonou.


Sábado à noite - Babi Dewet: Essa é uma história complicada. Uma história sobre amor e amizade. Uma história sobre jovens descobrindo seu papel no mundo. Amanda é uma adolescente como tantas outras, e ela não tem culpa de ser popular e a menina mais bonita do colégio. Isso simplesmente aconteceu quando ela cresceu. Seu melhor amigo de infância vive se metendo em encrencas com seu grupo bagunceiro e, apesar de serem como irmãos, eles não se falam em público.


Anna e o beijo francês - Stephanie C.: “Isto é tudo o que sei sobre a França: Madeline, Amélie e Moulin Rouge. A Torre Eiffel e o Arco do Triunfo também, embora eu não saiba qual a verdadeira função de nenhum dos dois. Napoleão, Maria Antonieta e vários reis chamados Louis. Também não estou certa do que eles fizeram, mas acho que tem alguma coisa a ver com a Revolução Francesa, que tem algo a ver com o Dia da Bastilha. O museu de arte chama-se Louvre, tem o formato de uma pirâmide, e a Mona Lisa vive lá junto com a estátua da mulher sem braços. E tem cafés e bistrôs — ou qualquer nome que eles dão a estes — em cada esquina... Não é que eu seja ingrata, quero dizer, é Paris. A Cidade Luz! A cidade mais romântica do mundo.” Anna Oliphant não está nada entusiasmada com a ideia de se mudar para Paris, já que seu pai, um famoso escritor norte-americano, decidiu enviá-la para um colégio interno na Cidade Luz. Anna prefere ficar em Atlanta, onde tem um bom emprego, uma melhor amiga fiel e um namoro prestes a acontecer. Mas, ao chegar a Paris, Anna conhece Étienne St. Clair, um rapaz inteligente, charmoso e bonito. Só que Etiénne, além de tudo, tem uma namorada... Anna e Etiénne se aproximam e as coisas ficam mais complicadas. Será que um ano inteiro de desencontros em Paris terminará com o esperado beijo francês? Ou certas coisas simplesmente não estão destinadas a acontecer? Stephanie Perkins escreveu um romance de estreia divertido, com personagens espirituosos que garantem dedos formigando e corações derretendo.

Julieta - Anne FortierJulie Jacobs e sua irmã gêmea, Janice, nasceram em Siena, na Itália, mas desde os 3 anos foram criadas nos Estados Unidos por sua tia-avó Rose, que as adotou depois de seus pais morrerem num acidente de carro. Passados mais de 20 anos, a morte de Rose transforma completamente a vida de Julie. Enquanto sua irmã herda a casa da tia,para ela restam apenas uma carta e uma revelação surpreendente: seu verdadeiro nome é Giulietta Tolomei. A carta diz que sua mãe havia descoberto um tesouro familiar, muito antigo e misterioso. Mesmo acreditando que sua busca será infrutífera, Julie parte para Siena. Seus temores se confirmam ao ver que tudo o que sua mãe deixou foram papéis velhos - um caderno com diversos esboços de uma única escultura, uma antiga edição de Romeu e Julieta e o velho diário de um famoso pintor italiano, Maestro Ambrogio. Mas logo ela descobre que a caça ao tesouro está apenas começando. O diário conta uma história trágica: há mais de 600 anos, dois jovens amantes, Giulietta Tolomei e Romeo Marescotti, morreram vítimas do ódio irreconciliável entre os Tolomei e os Salimbeni. Desde então, uma terrível maldição persegue essas duas famílias. E, levando-se em conta a linhagem e o nome de batismo de Julie, ela provavelmente é a próxima vítima. Tentando quebrar a maldição, ela começa a explorar a cidade e a se relacionar com os sienenses. À medida que se aproxima da verdade, sua vida corre cada vez mais perigo. Instigante, repleto de romance, suspense e reviravoltas, Julieta - livro de estreia de Anne Fortier - nos leva a uma deliciosa viagem a duas Sienas: a de 1340 e a de hoje. É a história de uma lenda de mais de 600 anos que atravessou os séculos e foi imortalizada por Shakespeare. Mas é também a história de uma mulher moderna, que descobre suas origens, sua identidade e um sentimento devastador e completamente novo para ela: o amor.



A promessa, O melhor de mim, Um homem de sorte e A escolha - Nicholas Sparks


O melhor de mim - Na primavera de 1984, os estudantes Amanda Collier e Dawson Cole se apaixonaram perdidamente. Embora vivessem em mundos muito diferentes, o amor que sentiam um pelo outro parecia forte o bastante para desafiar todas as convenções de Oriental, a pequena cidade em que moravam. Nascido em uma família de criminosos, o solitário Dawson acreditava que seu sentimento por Amanda lhe daria a força necessária para fugir do destino sombrio que parecia traçado para ele. Ela, uma garota bonita e de família tradicional, que sonhava entrar para uma universidade de renome, via no namorado um porto seguro para toda a sua paixão e seu espírito livre. Infelizmente, quando o verão do último ano de escola chegou ao fim, a realidade os separou de maneira cruel e implacável. Vinte e cinco anos depois, eles estão de volta a Oriental para o velório de Tuck Hostetler, o homem que um dia abrigou Dawson, acobertou o namoro do casal e acabou se tornando o melhor amigo dos dois.

Um homem de sorte - "Mas não estava em outra época e lugar, e nada daquilo era normal. Trazia a fotografia dela consigo há mais de cinco anos. Atravessou o país por ela. Era estranho pensar nas reviravoltas que a vida de um homem pode dar. Até um ano atrás, Thibault teria pulado de alegria diante da oportunidade de passar um fim de semana ao lado de Amy e suas amigas. Provavelmente, era exatamente isso de que precisava, mas quando elas o deixaram na entrada da cidade de Hampton, com o calor da tarde de agosto em seu ápice, ele acenou para elas, sentindo-se estranhamente aliviado. Colocar uma carapuça de normalidade havia-o deixado exausto. Depois de sair do Colorado, há cinco meses, ele não havia passado mais do que algumas horas sozinho com alguém por livre e espontânea vontade. Imaginava ter caminhado mais de 30 quilômetros por dia, embora não tivesse feito um registro formal do tempo e das distâncias percorridas. Esse não era o objetivo da viagem. Imaginava que algumas pessoas acreditavam que ele viajava para esquecer as lembranças do mundo que havia deixado para trás, o que dava à viagem uma conotação poética. prazer de caminhar. Estavam todos errados. Ele gostava de caminhar e tinha um destino para chegar."

A escolha - Travis Parker possui tudo o que um homem poderia ter: a profissão que desejava, amigos leais, e uma linda casa beira-mar na pequena cidade de Beaufort, Carolina do Norte. Com uma vida boa, seus relacionamentos amorosos são apenas passageiros e para ele, isso é o suficiente. Até o dia em que sua nova vizinha, Gabby, aparece na porta. Apesar de suas tentativas de ser gentil, a ruiva atraente parece ter raiva dele. Ainda sim, Travis não consegue evitar se engraçar com Gabby e seus esforços persistentes o levam a uma jornada que ninguém poderia prever. Abrangendo os anos agitados do primeiro amor, casamento e família, A Escolha nos faz confrontar a questão mais cruel de todas: Até onde você iria manter o amor de sua vida?
Gosto muito dos livros desse autor. Já li três (A última música, Diário de uma paixão e Querido John) e amei. Há muito já ando querendo aumentar minha coleção dentro da coleção, rs. Eu sei que existem mais livros dele, mas me contento com esse quatro, só, por enquanto. As narrações dele são sempre apaixonantes, encantadoras e com alguma lição de vida. É bem isso que eu procuro no livro.


Esses são os livros que eu ando querendo e assim que puder, comprarei. E você, anda querendo muitos livros? Já leu algum desses aí? Conta tudo!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Então, o que achou?
Sua opinião é sempre importante (:

;