6 de fevereiro de 2016

A Oxford de Lyra


Depois do fim no mínimo inesperado (pra mim) de A Luneta Âmbar, fiquei sentindo um vazio enorme, de uma forma que eu não me lembro que tenha acontecido com nenhum outro livro ou personagem. Então quando eu encontrei esse livro numa estante meio escanteada da livraria, senti um alívio antes mesmo de lê-lo: ia poder saber mais sobre Lyra e ou de onde ela veio (ou qualquer coisa do tipo)!


A Oxford de Lyra se passa alguns anos depois do fim de A Luneta Âmbar, quando Lyra já está adolescente e vivendo sua vida normal em Oxford. Até que um dia, quando eles estão de boas nos telhados da Jordan, uma ave, mas não uma normal, o dimon de uma feiticeira cai do céu. Machucado, ele diz que veio buscar a ajuda de Lyra pra encontrar um elixir pra curar sua feiticeira. Lyra decide ajudar, afinal, feiticeiras sempre foram amigas. Mas pra isso, ela precisaria ir até a casa de um alquimista lá da cidade que não tem uma reputação muito boa, mas nessa busca pelo elixir, ela começa a perceber que a história não é bem como o dimon contou não hein...

É incrível como mesmo o livro sendo fino e a história curta, não falta emoção e surpresa. É uma leitura agradável e sem dúvida genial como toda a série Fronteiras do Universo. Acho que qualquer dia desses vou reler, só pra lembrar de algumas coisas.


Essa edição é muito bonitinha! E a única que tem por aqui, que eu saiba. É de capa dura e tem um tamanho menor que o dos livros normais, praticamente um livro de bolso. Tem ilustrações pequenas nas entradas dos capítulos, assim como nos livros principais da série. Mas também tem outras ilustrações, ao longo do livro, nesse estilo que parece gravura em linóleo (e talvez seja), e o traço do ilustrador combina tão bem com a vibe do livro! É a mesma pessoa que fez a ilustração da capa.
Agora a parte mais incrível visualmente desse livro foi que TEM UM MAPA! Primeiro eu fiquei feliz de achar mais um livro sobre Lyra, depois fiquei apaixonada com esse mapa maravilhoso, que além de ajudar a entender um pouco mais a história, é muito bonito. Mas eu amo mapas e talvez seja suspeita pra falar. E tirar suas próprias conclusões olhando pra foto abaixo:


Achei essa edição numa parte de promoções da livraria (amo aquele cantinho) e custou só R$ 15! Não faço ideia de qual seria o preço normal dele porque nunca cheguei a pesquisar preço, até porque, sinceramente, eu não fazia ideia da existência desse livro até encontrá-lo na estante das promoções da livraria. Se bem que depois desse surgiu um interesse maior em procurar outros títulos do autor. Foi assim que descobri que também existe o Once Upon a Time in the North, que ainda não foi traduzido nem é vendido aqui no Brasil. De aparência semelhante ao 'A Oxford de Lyra', só que com a capa azul (e uma ilustração mais a ver com a história), se passa antes do começo de 'A Bússola de Ouro' e conta como o aeróstata do Texas Lee Scoresby e o urso Iorek Byrnison se conheceram. Mal posso esperar pra ler!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Então, o que achou?
Sua opinião é sempre importante (:

;